início

A paróquia

Estrutura Pastoral

Ig. do Rosário

Vox Dei

Fotos

Vídeos

Diáconos

Diáconos

Secretaria, Pastorais e Serviços acesse seu e-mail da Trindade

TECLE AQUI

Acessar Webmail

Sugerimos

Vaticano CNBB Arquidicese de Belém01 Zenit Rede Nazaré Canção Nova CCFC Católico Orante Catolica Net Hemopa
VATICANO CNBB ARQUIDIOCESE DE BELÉM ZENIT FUNDAÇÃO NAZARÉ CANÇÃO NOVA CCFC CATÓLICO ORANTE CATÓLICA NET HEMOPA - DOE SANGUE

DIACONOS EM NOSSA PAROQUIA


A partir de nossa festividade deste ano (2016), observamos nas diversas celebrações de nossa paróquia, a presença de novos diáconos participando de diversos momentos de nossa igreja. Neste artigo vamos elucidar brevemente o que de fato é um diácono, sua ação, formação etc.
Na realidade a presença dos diáconos nas igrejas ainda é uma espécie de novidade, pois o Diaconato Permanente foi restabelecido em nossa Igreja Latina pelo Concílio Vaticano II (1962-1965 e regulamentado pelo Papa Paulo VI em 1967. 
Existem dois tipos de diáconos: o transitório e o permanente. O diácono transitório é aquele que recebe o sacramento da ordem, como diácono, para depois receber o grau de presbítero, ou seja padre. Já o permanente, sendo casado, não pode ascender a um grau superior, ficando permanentemente como diácono.
O diaconato permanente pode ser conferido a homens, casados (10 anos de matrimónio, no mínimo), acima de 35 anos de idade. O tempo de estudos e preparação em nossa arquidiocese para a formação do diácono permanente é de 4 anos. O diácono permanente é o único a viver a dupla sacramentalidade: da Ordem e do Matrimônio. Um não elimina o outro. Na verdade, são três grandes dimensões: familiar, profissional e eclesial. Sendo casado, e ficando viúvo o diácono não poderá casar-se novamente.
O sacramento da Ordem, que é um sacramento do ministério apostólico, compreende três graus: (conf CIC 1536)
1º grau: o episcopado (bispos);
2º grau: o presbiterado (padres) e
3º grau: o diaconato.
 
O diácono é ordenado para o serviço e não para o sacerdócio. Com a força da graça sacramental os diáconos servem o povo de Deus, em união com o Bispo e o seu presbitério, no ministério da Liturgia, da Palavra e da caridade. O diácono é ministro ordinário do batismo e ministro ordinário da Comunhão Eucarística. Ele pode dar bênçãos, abençoar objetos de devoção, em casas, carros etc. Pode dar a benção com o Santíssimo Sacramento, pode presidir a celebração do matrimônio. Porém, não pode, ao contrário do sacerdote, celebrar o sacramento da Eucaristia (Missa), confessar nem administrar a unção dos enfermos.
Tanto presbíteros (padres) quantos os diáconos usam algumas vestes litúrgicas que se não forem atentamente analisadas corremos o risco de acharmos, erradamente, que são iguais. Uma das vestes litúrgicas que fica bem caracterizado quem é o presbítero e quem é o diácono é a estola. A estola é uma faixa usada com as cores que variam de acordo com o tempo litúrgico. A do presbítero desce verticalmente em duas partes ao longo do corpo já a do diácono é atravessada no peito saindo sempre do ombro esquerdo.
Concluímos como uma constatação: precisamos rezar por novas e santas vocações sacerdotais, pois mesmo que tenhamos muitos diáconos permanentes sem os sacerdotes não teremos a Consagração, ou seja, não teremos Eucaristia e não teremos a confissão. Portanto rezemos por nossas famílias para que surjam do ceio delas os nossos futuros padres.
Conheça aqui os atuais diáconos de nossa paróquia:

02


Diáconos Missias, Walter Rolim, Brito, Marcelo Lopes, Jorge Daniel, (Côn. Beltrão), Adalberto Montenegro e Paulo.

 

Texto:

Diácono Walter Rolim

(91) 98845.7464 (Oi)
(91) 98237.1936 (Tim) 

início

A paróquia

Estrutura Pastoral

Ig. do Rosário

Vox Dei

Fotos

Vídeos

Diáconos

Acesse as Redes Sociais da Santíssima Trindade, siga e fique por dentro de tudo da Paróquia 

face twitter instagram G

Entre em contato

  • Pça. Barão do Rio Branco,71
    Bairro da Campina
  • Belém do Pará Cep:66015060
  •  (91) 3323 4871

Artigos do Blog

Navegue